• JORNAL O FATO

GM registra oito furtos de fios de energia em novembro


Das oito ocorrências de furto de fios registradas pela Guarda Municipal (GM) de Jundiaí em novembro, três resultaram em prisões em flagrante. Em uma das situações, cinco indivíduos foram presos.

Um caso recente deste tipo de crime, inclusive, culminou na morte de uma pessoa, na rua Rangel Pestana, no Centro. O homem furtava fios na madrugada de 22 de novembro e foi eletrocutado. Em decorrência disso, comércios da região foram afetados.

Proprietária de uma lanchonete na rua Rangel Pestana, Cristina Barros diz que ficou sem internet. "No dia do furto, faltou internet aqui. Não precisei solicitar a troca da fiação porque tinha meu celular com pacote de internet e maquininha de cartão que funciona com chip. Não perdi venda por causa disso. Que eu me lembre, esse foi o único caso do tipo que vi", recorda.

Segurança de um estabelecimento na rua há sete meses, Carlos Eduardo Gomes presenciou parte do furto. "Ele ficou de olho no fio mais grosso, mas lembro de ter visto quatro pessoas, não sei se os outros homens estavam com ele ou não. Na hora que escutei o estouro, umas 23h, a energia da rua acabou, depois ascendeu e apagou de novo."

Gomes presta o serviço de segurança justamente por conta da quantidade de furtos na região, já que, além de fios, furtam caixas de disjuntores, registros de água, entre outros objetos. "Quando aconteceu um furto de fio no estabelecimento, eu não estava aqui ainda. Passei a prestar serviço depois. Um pessoal fingia que estava dormindo aqui na frente e levou 46 metros de fio", conta.

MONITORAMENTO

Segundo a GM, a Central de Monitoramento Eletrônico de Câmeras ajuda nestes casos, pois permite acompanhamento de diversos locais. Este tipo de ocorrência geralmente acontece de forma aleatória, principalmente durante as madrugadas, sendo verificada apenas no período da manhã, quando é tomada ciência do ocorrido e dos danos, que são tanto à população como aos serviços públicos.

A Prefeitura de Jundiaí também tem realizado ações integradas de fiscalização com a GM e a Divisão de Fiscalização do Comércio em ferros-velhos para o combate a este delito. Neste ano, até o momento, foram realizadas 54 ações, gerando 15 notificações, 18 autos de infração com imposição de multa e 7 interdições.

A GM atende pelos telefones 153 e (11) 4492-9060.

1 visualização0 comentário